Cirurgia Dermatológica

A Cirurgia Dermatológica é uma área de atuação do Dermatologista que abrange procedimentos diversos, capazes de remover ou modificar a pele e o tecido celular subcutâneo, sejam eles com fim diagnóstico, cirúrgico, estético ou oncológico. O profissional que realiza tais procedimentos é obrigatoriamente um médico dermatologista capacitado em ciurgia, com título de especialista em dermatologia e aprovado em concurso pela Sociedade Brasileira de Dermatologia. Deste modo possui conhecimento clínico da fisiologia da pele e de suas patologias somado ao domínio das técnicas cirúrgicas, assegurando mais segurança aos pacientes tratados.

Dentre os procedimentos realizados podemos destacar:

Cirurgia Dermatológica é abrangente e engloba desde tratamentos para melhorar a qualidade de vida e a auto-estima de seus pacientes – como peelings, lasers e preenchimentos, por exemplo – até tratamentos para câncer de pele e outras doenças, utilizando o que existe de mais moderno em terapêutica médica. Ela pode ser dividida em:

  • Cirurgia básica – remoção simples de pintas, cistos, lipomas, unha encravada, etc.;
  • Cirurgia avançada – retirada de tumores e cânceres de pele, correção de cicatrizes, etc.; Podendo ser necessário à realização de retalhos ou enxertos par manter a melhor estética da pele a ser tratada.
  • Cirurgia corretiva – tratamento de cicatrizes de acne, tatuagens, manchas, etc.;
  • Cirurgia cosmética – transplante de cabelos, cirurgia de pálpebra, lipoaspiração tumescente, e outras;*

Procedimentos dermatológicos – toxina, laser, etc.

  • Cirurgia com excisão simples de lesões e tumores malignos (carcinoma basocelular, carcinoma espinocelular e melanoma) ou benigos (sinais, cistos, lipoma, verruga, ceratose seborréica, ceratose actínica, etc)
  • Cirugia com rotação de retalho e enxerto de pele (cirurgias avançadas que procura manter a estética da pele operada)
  • Criocirurgia (uso de nitrogênio líquido)
  • Eletrocirurgia,
  • Cirurgia de unha
  • Cirurgia corretiva
  • Cirurgia Micrográfica de Mohs

Os cirurgiões dermatológicos são os profissionais que possuem mais condições de cuidar de problemas como um hematoma, uma cicatriz ou uma mancha, pois são médicos completos e especializados em doenças de pele e procedimentos, que dominam todos os processos.

(Retirado do Site da SBCD – Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica)
*Essa área da Cirurgia Dermatológica não é realizada no Centro Dermatológico Prof Azulay 
 
 

Cirurgia da Unha

Algumas doenças podem acometer as unhas e em alguns casos a cirurgia se faz necessária.

 

Indicações de cirurgia da unha

- Unha encravada

- Deformidades ungueais (unha em telha ou pinça)

- Tumor glömico

- Fibromas ungueais

- Tumores (melanoma e carcinoma espinocelular)

- Biópsia

Unha encravada (onicocriptose)

Ocorre quando uma das pontas da unha, ao crescer, “penetra” na pele adjacente.  O processo ocorre como consequência do corte errado das unhas e é agravado com o aumento do peso sobre a mesma ao caminhar. O encravamento se caracteriza por dor,  inflamação e vermelhidão dos cantos da unhas, que podem até mesmo soltar pus e criar uma “carne esponjosa”.

No início, podem ser tentados o tratamento clínico com higienização frequente da unha e elevação da ponta que está penetrando no tecido. Nunca tente cortá-la, pois isso pode piorar o quadro.

A cirurgia está indicada nos casos que não respondem ao tratamento clínico e nos casos de recidiva.

A cirurgia da unha e feita com anestesia local em consultório e, sendo retirada parte da unha onde está acometida preservando o restante da mesma.

voltar para Tratamentos CIRÚRGICOS

center fwR bsd b03s c10nwse|center bsd b03s c15nwse|center|||image-wrap|news c15|normalcase uppercase bsd fwR b03s c15nwse|b01 c05 bsd|news login c05 normalcase uppercase|tsN normalcase uppercase c15nwse bsd b03s|b01 normalcase uppercase bsd c10|content-inner||